Jogadores PT

E se os craques luso-descendentes tivessem escolhido Portugal?

2048x1536-fit_detresse-antoine-griezmann-apres-defaite-france-face-portugal-finale-euro-10-juillet-2016

A seleção nacional tem sido ao longo dos últimos 16 anos uma equipa que sempre está presente nas grandes competições. Durante este período já marcamos presença em meias-finais, finais e, mais recentemente, fomos campeões europeus. Para um país da nossa dimensão estes resultados são muito bons. No entanto, os portugueses querem e sonham um dia com a conquista do mundial, mas a realidade é que não somos uns dos grandes favoritos.

Mas e se pudéssemos acrescentar alguns reforços? Talvez o caso pudesse mudar de figura! Até porque contámos com luso-descendentes de extrema qualidade que poderiam elevar o nosso nível futebolístico. Por essa razão, elaboramos um onze possível, caso os luso-descendentes tivessem escolhido a seleção nacional.

No eixo defensivo entraria Marquinhos, um dos melhores jovens centrais da atualidade. O jogador do PSG tem dupla-nacionalidade e chegou a ser apontado à seleção nacional. No entanto, o Brasil mal se apercebeu desse ‘risco’, acabou por convocá-lo.

Douglas Costa e Ferreira-Carrasco, dois dos extremos mais perigosos da atualidade, entravam diretamente neste nosso onze. Ambos também tem a nacionalidade portuguesa e seriam, sem sombra de dúvidas, elementos nucleares.

A frente de ataque receberia um reforço de classe mundial. Antoine Griezmann, que dispensa apresentações, é filho de uma luso-descendente, Isabelle Lopes, e poderia ter nacionalidade lusitana. De todos os jogadores que aqui colocamos, este foi o único a ter um convite formal da seleção, chegou a ponderar mas no final acabou por escolher a França.

Nota: Mantivemos as opções de Fernando Santos no último encontro frente à Letónia.

testing

pt_int