Jogadores PT

Indemnização de 17 Milhões.

Foi o fim, há muito conhecido. A campanha da Argentina no Mundial da Rússia, esteve longe de ser a melhor, mas para trás, na fase de classificação, foi notável a falta de argumentos da Seleção Sul-Americana, face aos problemas que ia encontrando. Na soma de tudo isto, segundo a impressa argentina, vão “rolar cabeças” na seleção.

O principal alvo da comunicação social desportiva dos país, aponta, Sampaoli, como o principal responsável pela eliminação da Argentina e há quem já diga que uma rescisão está a caminho. E é neste patamar que a situação se está a complicar.

Sampaoli, tem contrato com a AFA (Associação de Futebol Argentina) ate 2022 e o organismo máximo do futebol argentino, quer avançar para a rescisão. Mas os valores da rescisão, sobem ate aos 17 Milhões, verba à qual, a AFA, não quer pagar.

Segundo a TNT Sports, canal desportivo Argentino, o Presidente da AFA, Cláudio Tapia, esteve reunido com o selecionador, afim de chegarem a um acordo para a rescisão. Mas ao que tudo indica, Sampaoli, não está a facilitar as negociações. Um caso sério que promete fazer tremer, o futebol argentino.

Ao comando da Argentina, Sampaoli, registou 15 jogos, 7 vitorias 4 empates e 4 derrotas. Na sua passagem, ate ao momento, utilizou 49 jogadores.

 

A Argentina, esteve muito longe daquilo que pode dar