Jogadores PT

Lito Vidigal é treinador do Boavista

Lito Vidigal vai suceder a Jorge Simão, que foi dispensado do comando técnico do Boavista no sábado.

“Sempre tive como objetivo, a partir do momento em que iniciei a minha carreira, orientar um clube com a grandeza do Boavista”, disse Lito Vidigal, que encontra o clube ‘axadrezado’ no 15.º lugar, o primeiro acima da zona de despromoção.

Em declarações publicadas na conta do Boavista na rede social Facebook, Lito Vidigal referiu tratar-se de “um sonho concretizado” e que por isso foi “fácil dizer que sim” ao convite que lhe foi endereçado, lembrando ainda que o Boavista é um clube “campeão nacional e histórico”.

O novo treinador boavisteiro acrescentou que podia ter ido trabalhar para o estrangeiro, o que “financeiramente seria mais aliciante”, mas prevaleceu a vontade de “continuar a carreira a nível nacional”.

Lito Vidigal afirmou pretender “abraçar o projeto com unhas e dentes, sabendo que é difícil”, e que exigirá “determinação, atitude correta e solidariedade” para o alcançar.

“Apelo a todos os adeptos boavisteiros que estejam com a equipa”, pediu o novo treinador do clube.

Lito Vidigal é o quinto treinador do Boavista desde que a equipa voltou à I Liga, em 2014/15, com Petit no comando técnico. Desde então os boavisteiros mudaram quatro vezes de técnico antes de a época chegar ao fim.

Petit foi o único que completou uma temporada inteira no Bessa, precisamente em 2014/15, tendo sido substituído na seguinte por Erwin Sanchez. Seguiram-se Miguel Leal e Jorge Simão, ambos vítimas dos maus resultados, sendo agora a vez de Lito Vidigal tentar manter a equipa no escalão principal.

Jorge Simão estreou-se como técnico ‘axadrezado’ num encontro caseiro com o Benfica, que o Boavista venceu por 2-1, e Lito Vidigal vai estrear-se também diante do Benfica, mas no Estádio da Luz.