Jogadores PT

Afinal, qual os efeitos do “brexit” no futebol europeu?

A saída do Reino Unido da União Europeia terá inúmeros impactos no futebol europeu, mas principalmente na Premier League. A própria competição declarou que era a contra esta saída que se veio a verificar após o referendo de ontem.

Os jogadores britânicos serão considerados estrangeiros nas federações que tem uma limitação para extra-comunitários, caso de Espanha. Uma vez que na “La Liga” os clubes apenas podem ter três jogadores estrangeiros inscritos.

Por exemplo, o Real Madrid terá um problema entre mãos, as três vagas estão ocupadas por James Rodriguez, Danilo, Casemiro e, agora, Gareth Bale. O que obriga a venda ou empréstimo de um destes jogadores.

Os clubes da Premier League também estão impedidos de contratar jogadores estrangeiros menores de 18 anos, o que acaba por ser uma enorme desvantagem para estes emblemas que não poderiam antecipar contratações de jovens talentos. Por exemplo, o Arsenal não conseguiria contratar Fábregas há 13 anos atrás.

Os futebolistas não internacionais pelos seus países vão precisar de licença de trabalho temporária para puderem jogar em Inglaterra. Com esta regra, as contratações de Ander Herrera, Dimitri Payet, N'Golo Kanté ou Willy Caballero seriam barradas, pelo facto dos mesmos não serem internacionais na altura da assinatura do contrato.