Jogadores PT

Porto alcança empate tardio (2-2) frente ao Estoril (COM VÍDEO)

Em terras onde o FC Porto não perde há 35 anos, a história, que teve um final igual ao ano passado, esteve quase a mudar!

Os dragões defrontaram o Estoril na Amoreira, um palco onde os jogos não são fáceis para os jogadores de Lopetegui.

Apesar de se prever um jogo complicado (como tem sido todos os anos), o Porto entrou melhor no encontro, e aos 19 minutos, através do mágico Brahimi, num lance em que já parecia perdido, o argelino “desencanta” um golo, recuperando uma bola perdida na linha de fundo, passando por dois defesas, e marcando o golo…

O relaxamento da equipa portista permitiu a reação dos estorilistas que chegou ao empate aos 27 minutos com golo de Kuca depois de uma boa jogada da equipa orientada por José Couceiro.

Na segunda-parte, o Estoril a tentar segurar o empate, recuou a sua defesa, e explorou o contra-ataque… Foi precisamente numa jogada de contra-ataque, em que Tozé em grande velocidade chega a uma bola na área, que Fabiano chegou meio segundo mais tarde, não tocando na bola, e derrubando o avançado do Estoril, cometendo assim uma grande-penalidade.

Fabiano adivinha o lado, mas o penalti muito bem batido por Tozé resulta em golo. 2-1 no marcador, o Estoril estava na frente do resultado.

Os azuis e brancos não tinham nada a perder e Juan Lopetegui arrisca tudo por tudo, tirando Maicon e levando Óliver para jogo. É precisamente Óliver, que aos 94 minutos faz o resultado final (2-2) num remate já em cima da pequena área.