Jogadores PT

“Burro velho não aprende línguas”

“Burro velho não aprende línguas”

Luís Filipe, antigo lateral direito do Benfica, criticou duramente, em entrevista ao Tribuna Expresso, o egocentrismo de Jorge Jesus,

“Acho que Jesus tem um bocado esse defeito: quando ganha, ganha ele, e quando perde, perdem os outros. Hoje em dia, os jogadores vão sentido isso. O que, quer queiramos, quer não, acaba por afastar os jogadores do treinador. Inconscientemente, a equipa deixa de funcionar como uma equipa. Tudo isso acaba por se refletir nos resultados. Acho que é por aí que ele teria de mudar. Mas o Jesus é uma pessoa já feita, com a personalidade feita, não é fácil de mudar a forma de ser. Agora, tem de saber que, quando perder, vai perder pelas ideias e pela personalidade dele, pronto. Na minha opinião, podia ter muito mais sucesso se, realmente, melhorasse essa vertente. Mas, como se costuma dizer, burro velho não aprende línguas. Portanto, é difícil.”, revelou.

A atitude de Jorge Jesus nas conferências de imprensa também é condenada por Luís Filipe. “No final do jogo, as mensagens que ele passava para o público ou para a comunicação social ainda eram bem piores do que dizê-las no seio do grupo. É óbvio que isso depois acaba por saturar os jogadores. Mesmo a própria forma dele trabalhar, que é intensa, acaba por saturar. Porque os campeonatos são longos e esta exigência dele, sempre, faz com que os jogadores fiquem fatigados psicologicamente. E isso, depois, reflete-se a nível físico, também. Quando a cabeça não está bem, o resto fica muito mais difícil. O Sporting tem qualidade, tem bons jogadores, mas que há ali qualquer coisa que faz com que eles não consigam estar a dar mais. E não acredito que seja porque não queiram. Às vezes é mesmo isto: quando a cabeça não está bem, está desgastada ou saturada, é mais complicado”, completou.