Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

As horas extras que Jesus “gasta” na sua nova criação: Wallyson

Será uma das apostas a longo prazo de Jorge Jesus. O técnico leonino está a explorar as qualidades do médio brasileiro, mas são um pouco diferentes daqueles que este jogador idealiza…

«Jorge Jesus sabe potenciar as qualidades dos seus jogadores e comigo não será diferente. Pode, por exemplo, fazer comigo aquilo que já fez com Matic no Benfica» – Wallyson Malmann.

Para além do trabalho que Jorge Jesus anda a desenvolver em Alvalade, existe um projecto em mãos: Tornar Wallyson mais uma das suas criações, potenciando este brasileiro através de um plano específico, a pensar no médio prazo…

Médio defensivo de raiz, mas não é isso que Jorge Jesus pretende do brasileiro… As ideias do novo técnico dos leões, será tornar Wallyson, num médio ofensivo, num futuro próximo. Ao que tudo indica, depois de os leões terem rejeitado uma proposta de 15 milhões ao Atlético de Madrid, por João Mário, este jogador e Adrien deverão continuar em Alvalade, pelo menos até Janeiro, pelo que, serão alternativas mais viáveis para a posição que Jesus pretende meter Wallyson a jogar.  Por enquanto, ainda se trata apenas de um projecto… Mas caso Adrien ou João Mário abandonem o clube num futuro próximo, Wallyson será uma aposta para fazer render um dos portugueses.

Segundo o jornal Record, Jorge Jesus tem gasto algumas horas a mais, para fazer trabalho específico com Wallyson. Com um estilo de jogo 4x4x2, o treinador de 61 anos, quer apostar em Wallyson, para um médio com as características essenciais para o seu modelo de jogo.

Jesus aprecia o estilo de jogo do brasileiro de 21 anos, mas considera que o jogador ainda não tem a intensidade ideal para um jogo de 90 minutos… E é nisso que o técnico está a trabalhar com o jovem jogador. O objectivo prioritário será fazer com que o jogador se apresente em campo com intensidade durante todo o encontro, mas principalmente nos momentos sem bola… Um atributo que Jesus considera que Wallyson tem pouco desenvolvido, mas já trabalha nesse aspecto. Quanto aos restantes atributos, o treinador considera que está tudo “no ponto”, só falta potenciá-las.