Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Benfica acusa Jorge Jesus de copiar software confidencial e exige 14M€ ao treinador

O Benfica exige que Jorge Jesus pague 14 milhões de euros, alegando danos causados por aquilo que os responsáveis encarnados apelidam de traição por parte do atual treinador do Sporting.

As águias acusam o treinador de desertar do clube e manter contactos com um funcionário do Sporting antes do dia 5 de junho, data em que assinou contrato com o Sporting.

O Benfica acusa Jorge Jesus de ter copiado software confidencial das águias, ainda antes de se mudar para Alvalade, e apresenta 9 testemunhas contra o treinador leonino.

O tribunal tem 10 dias para chamar o Benfica e Jorge Jesus (recorde-se que daqui a 10 dias é o derbi, a 25 de Outubro), de forma a conseguir um entendimento entre ambas as partes.

Depois de Bruno de Carvalho ter levantado ontem a suspeição sobre a data em que os encarnados iriam avançar com a ação prometida contra Jorge Jesus, não houve mais reação do clube.