Jogadores PT

Benfica pondera em avançar queixa contra Slimani. Argelino pode ficar 10 jogos castigado

O Benfica pondera avançar uma queixa, junto da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), contra o avançado argelino do Sporting, Islam Slimani.

As águias entendem que o jogador leonino agrediu o médio Samaris nos instantes iniciais da segunda parte do dérbi em Alvalade, após o pontapé de saída, segundo escreve o jornal “O Jogo”.

O lance não foi visto nem assinalado pelo árbitro da partida, Jorge Sousa, e portanto, também não deu origem a qualquer punição no relvado. Esse lance foi divulgado nas redes sociais, e o próprio Benfica mostra-se indignado com a situação.

Segundo o mesmo jornal desportivo, o Benfica espera consequências para o ato de Slimani, que para além da alegada agressão a Samaris, também atingiu a perna de Júlio César, mas dessa fez, de forma fortuita. João Diogo Manteigas, advogado de direito desportivo, explica que tanto o Benfica como a própria FPF podem abrir um processo, havendo um prazo de prescrição de 3 anos, para tal.

«O Benfica pode pedir a abertura de processo disciplinar ao jogador, por agressão, parecendo-me que há via para pedir a aplicação dos artigos 139º ou 149º do Regulamento disciplinar da FPF.», explicou o jurista ao jornal “O Jogo”.

Caso as águias avancem para a queixa, Slimani arrisca na pior das hipóteses, um castigo de dez jogos de suspensão, caso seja condenado como culpado.