Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Benfica viveu clima de terror no avião. Temeu-se o pior no regresso a Portugal

O regresso da comitiva do Benfica a Portugal, após o jogo em Astana, teve momentos de terror no interior do Boeing 757-200, que fez uma viagem de qualquer coisa como 7mil quilómetros numa viagem entre Lisboa e a capital do Cazaquistão.

Segundo o jornal “A Bola”, os jogadores, equipa técnica, dirigentes e outros elementos da comitiva encarnada, tiveram um verdadeiro “susto de morte” no regresso a Lisboa, devido à forte turbulência que se fez sentir.

Segundo as informações recolhidas pelo jornal, viveu-se um pânico indescritível que levou todos, ou quase todos os passageiros a entrar em desespero e a temer pela própria vida.

Só quando o avião aterrou, às quatro horas da madrugada de quinta-feira, é que os passageiros respiraram de alívio, após 9 horas de terror que pareceram uma eternidade.