Jogadores PT

Super Dragões venderam bilhetes falsos a emigrantes portugueses na Suiça

Foram 60 emigrantes portugueses que se encontram na Suiça, que foram enganados quando compraram, no mercado negro, bilhetes falsos para o jogo de ontem dos oitavos de final da Champions, entre Basileia e o FC Porto.

Esta denúncia foi feita por Daniel Filipe Lopes, que trabalha em Zurique, e acusa os Super Dragões de o ter enganado.

«Comprei cinco bilhetes a uma pessoa afeta ao Super Dragões por 100 francos (93 euros), que estavam tabelados a 50 francos. Era a única forma de ver o jogo com os adeptos do FC Porto, porque não nos sentíamos seguros no meio dos do Basileia», relatou Daniel.

Quando ia para entrar no estádio, Daniel foi impedido de entrar. «Eu e mais 60 emigrantes. Os códigos de barras dos bilhetes já tinham sido utilizados. Não percebo como portugueses podem fazer isso a outros portugueses. Sei que o FC Porto não pode fazer nada, mas a revolta é grande». Daniel é sócio com lugar anual, e nem pode usufruir desse privilégio por se encontrar fora de Portugal.

Portanto, Daniel e todos os que o acompanhavam, tiveram mesmo que assistir ao jogo no meio dos adeptos do Basileia, ao contrário do que desejavam, depois de perderem 500 francos (467 euros), comprou mais cinco bilhetes por 750 francos (701 euros), pelo amor incondicional que diz ter pelo FC Porto.

Frustrado, Daniel apresentou o bilhete falso e o verdadeiro como pode ver na foto acima.

O jornal “A BOLA” tentou entrar em contacto com o claque dos Super Dragões, Fernando Madureira, mas o responsável não estava contactável.