Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Bruno de Carvalho apelidado de ditador reles de um país asiático

A derrota sofrida nos tribunais referente ao caso “Rojo”, deixou alguns sportinguistas revoltados com gestão de Bruno de Carvalho. João Paiva dos Santos, antigo candidato a presidência do Sporting, é um desses casos e já expressou toda a sua indignação.

«O Bruno de Carvalho agiu como um ditador reles de um país asiático. Criou guerras com toda a gente, com empresários, com clubes, e virou as costas a todos. E agora, pelos vistos, depois do enorme disparate em rasgar o contrato com a Doyen, parece que vai ter de dar a mão ao empresário. Estas coisas de menino birrento fazem com que o clube tenha de ficar refém de situações que ele próprio não controla», afirmou em entrevista ao programa Bola Branca, da Rádio Renascença.

«Enquanto sportinguista sinto-me preocupado e devo alertar os outros sportinguistas que está na altura de abrir os olhos. E o problema agora é o que vai acontecer financeiramente ao Sporting. Vamos ficar sem dinheiro ou vamos ficar reféns?».