Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Carlos Alberto fala sobre FC Porto: “Arrependo-me de não ter ficado”

Carlos Alberto fala sobre FC Porto: “Arrependo-me de não ter ficado”

A saber, o médio brasileiro Carlos Alberto, campeão da Champions League de 2003, esteve a falar sobre seu tempo no Dragão. O camisa 19 disse, abertamente, que deveria ter ficado na equipa e até ter vestido a camisola da seleção portuguesa. A entrevista foi ao podcast Wibcast, e o ex jogador não esteve preocupado em falar tudo:

“Arrependo-me de não ter ficado no FC Porto mais tempo, de não me ter naturalizado e de não poder ter jogado na Seleção portuguesa. Fiquei a sonhar que podia jogar um Mundial pelo meu país. Na altura, quando cogitaram essa possibilidade (de jogar por Portugal) eu pensava que podia estar a trair o meu país. Só que não foi possível por vários motivos”.

As críticas a selecção brasileira

Portanto, o médio teve poucas chances com a camisola da seleção brasileira e nunca conseguiu ter uma sequência. O jogador criticou os dirigentes da época, com as atitudes tomadas nos anos que era atleta:

“Infelizmente, na seleção brasileira, você não é convocado só pelo seu futebol. Tem várias outras coisas que completam a água do copo. Acabei por voltar ao Brasil, tive oportunidades, mas ouvi que não tinha um comportamento (adequado), mais isto ou aquilo. E o futebol que eu jogava não era visto. Um erro, mil condenações. Quando fazia alguma m***, eu pagava um preço gigantesco para que as pessoas me aceitassem novamente, para que eu voltasse a ser reconhecido pelo o que eu era”.

No futebol europeu, Carlos Alberto esteve no FC Porto e no Werden Bremen, da Alemanha. Entretanto, fez o maior tempo de atleta em times brasileiros, como Corinthians, São Paulo, Vasco e Botafogo. Nos Dragões, foram 39 jogos, com cinco golos e uma assistência, ganhando além da Champions, o Campeonato Português e o mundial da Fifa.

Foto destaque: Reprodução/FC Porto