Jogadores PT

Ex-dirigente da federação inglesa pede boicote ao Mundial 2018

David Bernstein, ex-dirigente da Federação Inglesa de Futebol, apelou a um boicote generalizado das federações europeias ao Mundial-2018, que será disputado na Rússia, em causa estão os polémicos processos de atribuição das provas a Rússia e ao Qatar.

“Se estivesse agora na federação, faria tudo o que pudesse para encorajar outros países na UEFA – e alguns, certamente, estariam do nosso lado, outros talvez não – tomassem esta atitude. É preciso parar de falar e agir”, disse Bernstein em entrevista à BBC, onde também reconheceu que é complicado retirar Joseph Blatter da presidência da FIFA.

“É uma pessoa muito astuta e inteligente. A FIFA é faz-me lembrar um regime totalitário do estilo da União Soviética”, afirmou.

“Parecerá uma ideia drástica, mas, sinceramente, esta situação arrasta-se há anos, não melhora e está a ir de mal a pior. Há 54 países na UEFA: Alemanha, Espanha, Itália, França e Holanda são todos poderosos. Não se pode realizar um Mundial sério sem eles. Têm o poder para influenciar a questão se tiverem essa atitude”.