Jogadores PT

«Farei tudo para desestabilizar o Sporting»

O vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, veio falar a favor do guarda-redes das águias, Júlio César, depois de Augusto Inácio ter afirmado que o Benfica era defendido por “cães de fila”. O dirigente encarnado não ficou sem resposta:

«Augusto Inácio também é um ‘cão de fila' do Sporting, numa situação ridícula porque ele está aqui na SIC como diretor das relações internacionais do Sporting e nunca o vi sair numa única relação internacional pelo clube», disse durante o programa o Dia Seguinte, da SIC Notícias.

«Eu não sou ‘cão de fila' de ninguém. Eu defendo com muito gosto o Benfica e tudo o que eu puder fazer para desestabilizar o Sporting farei com todo o gosto. E estou a fazê-lo com muito orgulho e farei tudo o que estiver ao meu alcance para que o Sporting não ganhe o campeonato, dentro dos princípios éticos que tenho. Se o Augusto Inácio acha que isso é preocupante é um problema dele. Não fui eu que perdi nove pontos, com o Tondela, com o V. Guimarães, com o P. Ferreira. Ele é um pau mandado de uma estratégia do Sporting. É um cobarde porque não foi capaz de dizer quem lhe disse a situação do Júlio César», acrescentou, desviando depois a atenção para o presidente do Sporting.

«Há pessoas no Sporting que dizem que estão em luta aberta contra o presidente. Se eu fosse, era adepto do Sporting e votava em Bruno de Carvalho, porque eu queria era que ele lá estivesse durante muitos anos», ironizou, apontado baterias a Jorge Jesus, realçando a saída de Fredy Montero.

«O Sporting tinha o melhor presidente em Portugal, tinha o melhor treinador do mundo, tinha o melhor plantel. E porque é que o senhor em causa – que disse não concordar com a saída do Bruno César – não fala da saída de Montero?».