Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

“Isto não é conversa de puxa saco!”

Com o apuramento no bolso, Fernando Santos é hoje um homem muito mais tranquilo e falou abertamente do que aconteceu na seleção nacional antes da sua chegada.

«As palavras dos jogadores são sinceras, não são para puxar saco. O que procurei fazer foi entender o que era importante num momento menos positivo e delicado, depois do que aconteceu no Mundial e daquele resultado (ndr. derrota com a Albânia que culminou com a saída de Paulo Bento) que Portugal não merecia e, se não tivesse acontecido, eu não estaria aqui», afirmou em conferência de imprensa.

«Fui eu que vim. Entendi que era preciso criar um espírito de grupo forte, aproveitando toda esta juventude – mérito para a Federação que tem apostado na formação. Era importante que esses jogadores jovens fossem suportados por outros com mais maturidade e compreensão do que é participar nestes jogos de qualificação».