Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Jorge Simão acha normal as reclamações: “A contestação num ciclo de maus resultados é normal”

Jorge Simão acha normal as reclamações:  “A contestação num ciclo de maus resultados é normal”

A saber, Jorge Simão sabe que precisa apresentar melhores resultados a frente do FC Paços. Decerto, sem vencer há quase três meses, o treinador já tem seu trabalho com alguma contestação dos adeptos. Em entrevista antes do jogo contra o Gil Vicente, na sexta-feira (10), o comandante falou sobre a pressão:

“Sou treinador profissional de futebol. Os meus jogadores são profissionais de futebol. É a nossa vida. A contestação, num ciclo de maus resultados, é normal. As manifestações de desagrado são perfeitamente normais. Ontem, no treino, gostei de ver os adeptos. Porque vivem o clube e preocupam-se.”

O treinador também esteve a comentar sobre o plantel curto dos Castores. A equipa não vem apresentando boas partidas e não há muitas mudanças a se fazer por parte do comando técnico. Ainda assim, ele prometeu que para o próximo embate, promoverá trocas:

“Recordo o jogo frente ao SC Braga para a Taça da Liga. Jogamos com onze que habitualmente não são escolhas iniciais e a resposta foi brilhante. Disse, na altura, que esses jogadores estavam prontos e disse-o não para ficar bem na fotografia. Porque não os utilizei com mais frequência? Ainda vamos a ver… Atenção que não estou a falar de falta de atitude. Que fique claro! O que estou a falar é quanto à capacidade de manter um registo mental competitivo máximo jogo após jogo e focados em absoluto na competição.”

https://www.youtube.com/watch?v=nnITxwswHLc

FC Paços precisa vencer

Portanto, somente a vitória interessa aos Castores. Em 13º lugar, o time tem três derrotas seguidas e há sete, não consegue os pontos do triunfo. Esta época começou com muita expectativa, com a equipa se classificando para a Conference League. Entretanto, o futebol dentro do relvado não acompanhou os sentimentos dos adeptos e há dois jogos, já se vê reclamações vindas das arquibancadas.

Foto destaque: Reprodução/FC Paços