Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Lito Vidigal fora após um mês no comando

Lito Vidigal fora após um mês no comando

A saber, a derrota para o Tondela, por 2 x 1 , na segunda-feira (3), custou o cargo do treinador Lito Vidigal. Decerto, o comandante não resistiu aos maus resultados e deixou os Cónegos na manhã desta quarta-feira (5). Em suma, foram apenas cinco jogos no comando do Moreirense, e apenas uma vitória, além de quatro derrotas.

Entre as derrotas, o único triunfo foi diante o Estoril, na jornada 13. Ainda assim, a luta contra a despromoção da Primeira Liga fez os dirigente da equipa agirem mais uma vez. Ainda não há um novo nome em pautar para assumir o comando.

Lito lamentou a derrota para o Tondela

Decerto, o treinador foi aos microfones na saída do relvado, após a partida de segunda-feira. Visivelmente chateado, ele lamentou a derrota e ainda fez críticas a arbitragem da partida:

“Fomos superiores, mas sofremos dois golos da forma como foi. Demoraram sete minutos para ver se foi ou não penálti… Fizemos um jogo seguro, foi pena não conseguirmos a vitória, que era o resultado que merecíamos. Tivemos situações mais que suficientes para vencer. Já dei os parabéns aos meus jogadores, mas isto é futebol. É extremamente injusto perder desta forma, nem sequer foi o adversário que nos ganhou, houve algumas decisões duvidosas de arbitragem. É continuar a trabalhar da mesma forma, a atitude foi positiva, jogámos com qualidade e é este o caminho”.

A equipa ocupa a 16ª posição, com 12 pontos e oito derrotas no torneio. Decerto, como as jornadas estão em desacordo, por conta do surto de Covid no país, o Famalicão, time logo atrás em posição, pode ultrapassar os Cónegos na tabela. O time adversário tem um jogo a menos e um ponto a menos (12 x 11). Assim, o Moreirense já estaria na zona da despromoção.

Mais da metade do torneio ainda está por vir, mas os adeptos já se preocupam com o que pode acontecer.

Foto destaque: Reprodução/Moreirense