Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Mangala joga sempre para honrar irmão paraplégico

Eliaquim Mangala com apenas cinco anos de idade viu o seu irmão, Daniel, ficar paraplégico na sequência de um grave acidente. O francês lembra que esta tragédia familiar o fez amadurecer e que entra sempre em campo para homenagear o irmão.

“Tenho de viver com o facto de o meu irmão ter ficado paralisado. Ele jogava à bola antes do acidente e despertava algum interesse. Sempre que entro em campo jogo por ele, a minha motivação é dez vezes maior”, afirmou o francês ao jornal The Sun.

“Quero chegar o mais longe possível pelo meu irmão, que não teve oportunidade para fazê-lo. Represento a minha família quando estou em campo. A provação do meu irmão fez-me amadurecer como pessoa e ter a consciência de que a vida pode mudar drasticamente quando menos se espera”, salientou.