Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

“Se vir o pai do Neymar à frente do meu carro, acelero”

Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, ex-presidente do Santos, foi condenado a pagar uma indemnização de 6437 euros por difamação e danos morais ao pai de Neymar. Em maio, afirmou que o pai do jogador era um “mercenário, com más intenções e mentiroso”. O antigo líder do clube brasileiro acusou ainda Neymar Silva de ter gasto parte do dinheiro da transferência do filho para o Barcelona em orgias.

“Pensava que o pai de Neymar era meu amigo, mas hoje não o quero ver à frente do meu carro: em vez de travar, acelero. Não lhe dou a mão e se a estendo é para lhe dar um golpe”, afirmou.