Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

O possível onze inicial do FC Porto na jornada do título

A equipa comandada por Sérgio Conceição pode, este fim de semana, dia 30 de abril, tornar-se o novo campeão nacional da Liga Portugal. Mas, para isso, terá que vencer a equipa do Vizela que, por muito inferior que seja, a mesma também precisa de pontuar para evitar os lugares de descida de divisão. Assim sendo, o FC Porto terá que colocar em campo o seu melhor onze inicial e lutar com todas as forças para conseguir, no estádio do dragão, tornar-se campeão perante os seus adeptos.

O possível onze inicial do FC Porto

Assim sendo, só a vitória interessa aos dragões, que não querem deixar escapar mais os pontos necessários para serem os vencedores do título. Afinal, na próxima jornada deslocam-se ao estádio da luz e, por muito que os adeptos gostem de festejar em estádios de rivais, o Sérgio Conceição não quer colocar em risco o campeonato. Por isso, o treinador irá colocar o seu melhor onze inicial. A seguir, citamos o provável onze a ser colocado em campo e, também, o que esperar do mesmo.

Guarda-redes

Esta época o treinador escolheu o internacional português para agarrar a baliza do FC Porto. Titular em maioria dos jogos da sua equipa, a escolha para este jogo passará por Diogo Costa. O jovem português tem crescido de forma incrível, colocando uma segurança extrema na baliza dos dragões.

Defesa

O eixo defensivo, ainda que sofra poucos golos, é o principal problema da equipa do FC Porto, principalmente nas alas defensivas. Contudo, o treinador tem sido imparcial, apostando sempre no mesmo leque, mudando apenas quando é obrigado a tal. Com falta de um lateral direito de raiz, o FC Porto tem colocado Pepê nessa posição, principalmente face a serem uma equipa bastante ofensiva.

Assim sendo, o eixo defensivo do Porto é composto por:

  • Pepê;
  • Mbemba;
  • Pepe;
  • Zaidu.

Meio-campo

Uma das armas mais fortes da equipa do FC Porto é o seu meio-campo, repleto de muita qualidade e com várias opções, Sérgio Conceição tem, de facto, uma dor de cabeça nas suas escolhas. Todavia, as escolhas têm sido as mesmas, acreditando o treinador neste quarteto de meio-campo, com exibições de grande nível e que, a falta de Uribe, jogador importante na equipa, não tem sido muito notória.

Olhando para o que são as últimas partidas desta equipa, Sérgio Conceição deverá inicial o jogo com:

  • Grujic;
  • Vitinha;
  • Otávio;
  • Fábio Vieira.

Quatro jogadores de grande nível que demonstram uma ligação de grande nível, conseguindo ser a chave fulcral para abrir muitos jogos que se tornam complicados para os dragões.

Avançados

Aqui, não há muito a ser abordado. A menos que Sérgio Conceição quisesse mudar a sua tática, o que não seria normal no mesmo, os jogadores utilizados são sempre os mesmos, os mais matadores e os que mais pontos dão à sua equipa.

Taremi e Evanilson fazem uma dupla muito forte, conseguindo arrecadar muitas vitórias para a sua equipa. Na verdade, Evanilson e Taremi, juntos, contam com 31 golos marcados.

Onze inicial

Em suma, Sérgio Conceição irá alinhar em 4-4-2 como tem sido habitual perante equipas de bloco mais baixo, onde irá alinhar na seguinte ideia:

Diogo Costa

Zaidu – Pepe – Mbemba – Pepê

Otavio – Vitinha – Grujic – Fábio Vieira

Evanilson – Taremi

Com esta ideia de jogo, espera-se um FC Porto muito ofensivo e consiga com facilidade alcançar o último terço do campo, abrindo espaços para conseguirem contrariar a defesa do Vizela. Todavia, o banco de suplentes também pode ser uma arma para Sérgio Conceição, não tivesse o mesmo excelentes opções, tais como:

  • Fábio Cardoso; Francisco Conceição; Eustaquio; Galeno; João Mário; Marcano; Toni Martínez – Wendell

As opções mais usadas pelo treinador são, de facto, os jogadores mais ofensivos, F. Conceição, Galeno e Toni Martínez.