Jogadores PT

«Ou tenho oportunidade na primeira equipa ou vou embora»

Chegou a Portugal para jogar no Benfica em 2014/15, procedente do Lechia Gdansk, e em quase duas temporadas, Pawel Dawidowicz, conta com 64 presenças pela equipa B e aguarda ainda a estreia pela primeira equipa. O jovem futebolista quer ver uma progressão na carreira nos próximos tempos.

«Gostava de ser emprestado e existiram aproximações de bons clubes. Chateias o teu empresário com chamadas todos os dias, com perguntas. Contudo, o Benfica nem sequer iria ouvir [tais propostas]. Isso significa que existirão alguns planos para mim. Dou a mim mesmo estes seis meses. Depois, ou tenho uma oportunidade na primeira equipa ou vou embora», disse, em jeito de ultimato, em declarações prestadas ao site da federação polaca esta quarta-feira.

O médio de 20 anos, garante ter mais três anos de contrato e por isso, «resta-me trabalhar». «Eu oiço as pessoas. Tenho em meu redor pessoas que me podem mostrar um ângulo diferente em relação a uma situação. Há muitas vezes em que estão certos.»

Em sentido inverso, o médio polaco diz ver uma luz ao fundo do túnel até pelos exemplos recentes.

«Tens de esperar pela tua oportunidade. Temos dois defesas-centrais que se lesionaram ao mesmo tempo. Saltou Victor Lindelöf para a equipa principal- que jogou em setembro um particular connosco [seleção sub-21 polaca] em Kielce. E está a dar-se muito bem”, acrescentou, recordando também o caso de Bernardo Silva, um jogador “que nunca esteve na primeira equipa, foi para o Monaco e agora está na seleção principal portuguesa».