Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

O melhor golo de Pelé, que nenhuma câmera registou (COM VÍDEO)

Apenas os espectadores do jogo Juventus vs Santos no dia 2 de agosto de 1959, puderam assistir aquele que para Pelé é o melhor golo da sua carreira.

“Foi um feito memorável. Os juventinos estavam jogando de igual para igual com o Santos, apesar da derrota. Mas os adeptos estavam constantemente a pressionar o Pelé. De repente, ele vira-se para a bancada e faz um sinal de ‘espera um pouco’. Depois, dominou a bola no peito e deu três chapéus. Deu um chapéu até a mão de Onça, que era o guarda-redes. Ele calou os adeptos. Depois começámos a aplaudir também”, lembra Ernesto Paulella, um dos espectadores, em declarações ao site acervosantista.com.

Nenhuma câmera registou este fantástico golo, que acabou por ser recriado em computador.

Vê a recriação do golo a partir dos 12 segundos: