Jogadores PT

Revelados os motivos do despedimento de Marco Silva

Na base do processo disciplinar instaurado a Marco Silva pelo Sporting, está a não utilização do fato oficial dos “leões” na eliminatória com o Vizela.

Para além disso, o treinador português é acusado de ter faltado a uma reunião marcada para terça-feira e de recusar-se testemunhar a agressão de Rojo a Bruno de Carvalho após ter presenciado o incidente.

Os advogados de Marco Silva consideram que os incidentes já prescreveram. Num caso laboral, a entidade patronal tem 60 dias para abrir um processo disciplinar ao técnico depois da ocorrência dos factos.