Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

“SÁ PINTO ARRISCA 10 ANOS DE SUSPENSÃO”

“SÁ PINTO ARRISCA 10 ANOS DE SUSPENSÃO”

O jornal grego Gazzetta revelou ontem o antigo testemunho de Sá Pinto no âmbito do processo de crimes relacionados com corrupção no futebol grego, nomeadamente de manipulação de resultados.

O antigo defesa do Benfica, Takis Fyssas, alegou em tribunal que após o Olympiakos-Atromitos (um dos jogos investigados e que a equipa dirigida por Vítor Pereira ganhou por 2-1), a 4 de fevereiro de 2015, Sá Pinto, na altura treinador do Atromitos, lhe teria dito que havia sido pressionado por responsáveis do clube para não fazer alinhar alguns jogadores.

«Tive uma conversa com o Fyssas por telefone, mas nunca lhe disse isso. Nunca dei o direito a ninguém de me pressionar ou interferir no meu trabalho, a minha demissão deve-se a razões puramente desportivas. Porquê confessar e confiar algo tão importante a uma pessoa com quem não tive um relacionamento muito amigável e com quem nunca trabalhei? É óbvio que Fyssas está a mentir, tentando envolver-me numa guerra travada entre a sua equipa, o Panathinaikos, e o rival Olympiakos», argumentou Sá Pinto, durante a investigação.

A responsável pelo caso propôs na sexta-feira que Olympiakos e Atromitos sejam punidos com descida de divisão, mais multa de €3 milhões para cada equipa, e que Sá Pinto (um dos 28 acusados no processo) seja proibido durante 10 anos de exercer qualquer atividade no futebol, outros 10 anos de proibição de entrada em estádios e coima de 20 mil euros.