Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Sporting campeão na virada e no trabalho dos atletas

Sporting campeão na virada e no trabalho dos atletas

A saber, em grande reviravolta no placar, o Sporting bateu o Benfica por 2 x 1, e levou o troféu da Taça da Liga de Portugal. Decerto, os Encarnados saíram na frente, mas Gonçalo Inácio e Sarabia puseram os Leões a frente e conquistaram mais um título.

Portanto, Rubén Amorim foi aos microfones após a partida e exaltou demais sua equipa, dando os méritos aos atletas e garantindo que a virada para 2 x 1 não foi sorte para o Sporting e sim, trabalho:

“É alguma sorte, hoje nem tanto. É o trabalho de toda a gente, são bons jogadores, sempre tive bons jogadores desde que iniciei a minha carreira. Mesmo com duas derrotas no campeonato notou-se bem a personalidade do grupo. Não controlámos os resultados mas controlámos a forma como entramos para os jogos e [os jogadores] vão ter de continuar assim. 

Cansaço físico não noto muito. Para mim, é mais uma questão mental. Também já o disse, tivemos tempo para treinar e isso é importante porque quando não temos tempo há questões que ficam para trás. Mostrou-se que tivemos vantagem para o Benfica porque os nossos jogadores já sabem a forma jogámos, o que queremos. Mas é difícil quando o intervalo é de três dias e é muito difícil manter a concentração em todos os jogos. Não noto cansaço, notei que baixámos um bocadinho de intensidade e fomos penalizados. Já jogámos muito pior e se tivemos estrelinha no ano passado, na atual temporada já tivemos azar”.

Foto destaque: Divulgação/Sporting