Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Wenger quer terminar com a regra dos golos fora

O técnico francês do Arsenal, Arsène Wenger, após ser eliminado pelo Mónaco depois de ter empatado a eliminatória (3-3), mas o factor de exclusão ser o número de golos fora (Mónaco teve vantagem por ter marcado 3 golos fora contra 2 do Arsenal), declarou, mais uma vez, ser contra esta regra que dá vantagem aos golos marcados fora de casa.

«Há muito que defendo que essa regra tem de ser alterada. Foi criada nos anos de 1960 para encorajar as equipas a jogar ao ataque fora de casa. Mas o futebol mudou e o peso do golo fora é muito exagerado», disse Wenger.

Uma das outras equipas inglesas que caiu nos oitavos de final da Champions devido a esta regra, foi o Chelsea no jogo frente ao Paris Saint-Germain.