Jogadores PT

Treinador da União da Madeira diz que «não é obrigatório pontuar» frente ao Benfica

Na antevisão da partida, entre Benfica e União da Madeira, o treinador da equipa insular, Luís Norton de Matos, sublinhou que a equipa terá de ser «solidária e corajosa» para conseguir um bom resultado diante do «favorito» Benfica.

«Não pode ser escondida a grande diferença que existe entre o Benfica e o União da Madeira. Todas as equipas, mais ou menos favoritas, têm uma hipótese de lutar, tendo uma percentagem, nem que seja mínima de pontuar e é a ela que nos vamos agarrar, como aconteceu no jogo da primeira volta», afirmou o técnico, lembrando o empate a zero na madeira.

Norton de Matos disse ainda que a preparação para o embate com as águias foi fácil, porque todos os jogadores gostam de fazer parte destes jogos:«Vamos ter um grande ambiente e é um jogo onde os jogadores se podem mostrar. Vamos ter de jogar a 120%, independentemente do resultado. O Benfica tem jogadores fortes e imprevisíveis, por isso temos de ter inteligência emocional e uma equipa disciplinada»

«Não existe a obrigatoriedade de pontuar neste jogo, mas existe a obrigatoriedade de dar uma boa imagem, trabalhando o máximo possível», afirmou, admitindo ainda que poderá fazer algumas alterações na equipa.

«Poderá haver estruturalmente algumas alterações, mas nunca pensando em poupar jogadores, pois existe um equilíbrio da equipa, podendo mudar a estratégia, mas a equipa será próxima das que temos utilizado.»