Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Veja os trabalhos de Paulo Sousa, novo mister do Flamengo por clubes

Veja os trabalhos de Paulo Sousa, novo mister do Flamengo por clubes

O técnico Paulo Sousa foi anunciado como novo mister do Flamengo (Brasil). Após quase um ano no comando da Seleção Polonesa, o português chega ao clube brasileiro com um contrato de dois anos. Ademais, o comandante pagou sua multa rescisória de 300 mil euros. Confira os trabalhos nas equipas qual o mister trabalhou.

CARREIRA DE PAULO SOUSA EM CLUBES

A primeira equipa qual Paulo Sousa treinou foi o Queens Park Rangers, da Inglaterra. Por lá o treinador disputou a 2ª divisão e ficou no comando por quase um ano, tendo o total de 26 partidas, sete vitórias, doze empates e sete derrotas.

Ainda na Inglaterra mas longe da elite, em 2009, o mister chegou ao Swansea City, onde terminou a temporada na 7ª posição. Em 49 duelos teve 18 triunfos e empates e 13 derrotas. Fechando seu ciclo no Reino Unido, Paulo assumiu o Leicester em 2010 porém, na época a equipa era da 2ª divisão e por lá foram apenas 12 partidas, com quatro vitórias, dois empates e seis derrotas.

GANHANDO TÍTULOS

Em 2011, Paulo Sousa assinou um contrato de três anos com o Videoton, da Hungria. No clube húngaro, o treinador venceu a Taça da Liga e a Supertaça da Hungria. No ano de  2013, o clube anunciou que tinha aceitado o pedido do treinador para deixar o clube devido a razões familiares. Sendo assim, levou a equipa para as competições europeias Pelo Videoton foram 64 partidas, 37 vitórias, 12 empates e 15 derrotas. Dessa maneira, tendo incríveis 102 golos marcados e apenas 48 sofridos.

Cinco meses depois, o treinador aceitou o convite para treinar o Maccavi Tel Aviv, de Israel. E em apenas uma temporada pelo clube, foi campeão nacional. Dessa forma, somando 25 partidas, 15 triunfos, seis empates e 4 derrotas.

CHEGANDO AO TOPO!

Em mais uma equipa tradicional do futebol europeu, em 2014, Paulo Sousa assumiu o Basel, da Suíça, tendo por lá um dos seus melhores projetos. Sendo campeão da Super Liga Suíça. Em 50 jogos, venceu 31, empatou oito e perdeu 11.

Um ano depois, o mister chegou a Fiorentina, da Itália. Com uma alta expectativa dos adeptos, o português fez um trabalho OK, terminando no meio de tabela. Por lá foram 95 partidas, 43 vitórias, 25 igualdades e 27 derrotas.

Após algumas temporadas no cenário europeu, Paulo aceitou a missão de comandar o Tianjin Quanjian, da China. Dessa forma, em novembro chegou a equipa, onde teve um trabalho discreto. Sendo assim, foram 36 jogos, 12 triunfos, 10 empates e 14 derrotas.

Antes de chegar a Seleção Polonesa, o mister treinou o Bordeaux, da França, em 2019 e Rescindiu seu contrato com o clube francês em julho 2020. O treinador salvou a equipa do rebaixamento e estava a lutar por vagas em competições europeias quando a Ligue 1 foi cancelada devido à pandemia da Covid-19. Sendo assim, ambas partes não entraram em um acordo.

Dessa maneira, o português chega ao Brasil com esses respectivos trabalhos. Somando em sua carreira por equipas e Seleção Polonesa: 399 jogos, 180 vitórias (45,11%), 105 empates (26,32%) e 114 derrotas (28,57%).