Jogadores PT

Nani recorda Ferguson

Em entrevista ao podcast do Manchester United, o antigo internacional português Nani confessou que sentiu «medo» de Sir Alex Ferguson nos primeiros tempos ao serviço do clube que representou após deixar o Sporting, em 2007. E deu um exemplo da conhecida fúria do antigo treinador escocês no trato dos jogadores.

«Foi numa fase em que eu estava a jogar de forma incrível, cheio de confiança. Ganhámos um penálti e devia ter sido o Ryan Giggs a marcar. Mas sentia-me confiante e o Giggs deixou-me bater. Falhei-o, estava 2-1 e devia ter sido o 3-1 [o Fulham acabaria por empatar 2-2 nos minutos finais]. No balneário depois do jogo, o Alex Ferguson ‘matou-me’. E também ao Giggs, que disse que eu lhe tinha tirado a bola das mãos. Para piorar, tive de dar boleia ao Sir Alex até casa depois do jogo e não me disse uma palavra. Ao início, eu tinha medo dele, estava assustado. Parecia um pai quando um filho faz alguma asneira.»