Jogadores PT

UEFA quer tolerância no fora de jogo

A UEFA vai propor a introdução de uma tolerância de 10 a 20 centímetros no processo de avaliação dos foras de jogo, anunciou o presidente do organismo, Aleksander Ceferin, em entrevista ao Mirror.

“Hoje em dia, se tiveres um nariz grande, estás em posição de fora de jogo. Além disso, as linhas são estabelecidas pelo videoárbitro. Por isso, é um desenho subjetivo de um critério objetivo”, asseverou Ceferin, que voltou a lançar críticas na direção do VAR:

“Há duas semanas, em Nyon, tivemos reunidos os treinadores de topo. Klopp, Guardiola, Allegri, Ancelotti, Zidane… Todos treinadores de topo, e o nosso oficial de arbitragem, Roberto Rossetti, mostra uma mão na bola. Ele pergunta: ‘É falta ou não?’ Metade da sala diz que sim. A outra diz que não. Portanto, digam-me quão clara é a regra? Não sabemos nada! (…) Em Inglaterra, há árbitros que nem verificam o VAR. Em Itália ficam a verificar durante meia-hora. Vocês sabem, é uma confusão. Nunca fui um fã disto [do videoárbitro]. Hoje em dia, reparamos que os assistentes nem se dão ao trabalho de levantar a bandeira. Espera, esperam e esperam”, rematou Ceferin, que, no entanto, refere que a utilização do VAR no Europeu de 2020 está garantida.

“Temos que ter, porque, caso contrário, as equipas vão queixar-se se houver um erro contra elas”, finalizou.