Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

“O FC Porto parece uma equipa estrangeira em Portugal.”

“O FC Porto parece uma equipa estrangeira em Portugal.”

Em antevisão ao jogo contra o Vitória de Setúbal, Sérgio Conceição teve um expressão vinda de França:

“Quero que o árbitro seja feliz, que faça bom jogo e que não seja decisivo no resultado final. É isso que espero. Não quero ser beneficiado. Quero que árbitros sejam corretos. É o que todos os treinadores querem. Vínhamos de jornada em que fomos prejudicados, na minha opinião, contra o Aves e fomos contra o Benfica. Ligou-me um jornalista, que trabalha em França, e que teve expressão curiosa: ‘FC Porto parece equipa estrangeira em Portugal. Aqui, em França, também tenho de lutar mais que os outros para justificar o meu trabalho, para ser melhor. Vocês parecem uma equipa estrangeira no vosso país.' Não quero sentir-me numa equipa estrangeira a jogar Portugal. Há erros, obviamente que sim. Árbitros erram, são humanos. VAR intervém quando tem de intervir, esteve mal, não esteve mal. São pessoas a decidir. Não é uma parede. Mas aquilo que senti nas duas jornadas foi isto. É preciso ser muito melhor para ganhar. Não basta ser melhor. O presidente diz e bem: erros não foram tão notados nas 11 jornadas anteriores, porque fomos sempre muito mais fortes. Houve erros para um lado e para o outro. Decisivas foram as arbitragens nestes dois jogos, sem dúvida.”