Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

Jorge Simão avalia época da equipa: “Sinto que já fomos mais Paços”

Jorge Simão avalia época da equipa: “Sinto que já fomos mais Paços”

A saber, o treinador Jorge Simão conversou com a imprensa após a derrota contra o Sporting, por 2 x 0, na Capital do Móvel. Decerto, antes da partida, o comandante revelou que estava a pensar em uma forma de parar o ataque dos Leões. Entretanto, questionado sobre a declaração, explicou a derrota e sua estratégia ruim:

“A ideia era sermos equipa uma equipa com uma capacidade pressionante muito forte. Fomos mais eficazes a fazê-lo na primeira parte, que esteve sempre mais ou menos controlada, apesar de um início difícil em que o Sporting teve ali quatro ou cinco cantos, situações em que ficam muito perto de fazer golo. Depois, na segunda parte, o jogo foi desbloqueado por, lá está, um canto. A partir daí, tínhamos de conseguir chegar mais vezes ao último terço, e com o segundo golo do Sporting ficámos fora do jogo. A partir daí não gostei muito, expusemo-nos demasiado, concedemos demasiado espaço. Não há muito mais a dizer, o Sporting foi melhor”.

Balanço de Jorge Simão sobre a época dos Castores

Portanto, agora que a Primeira liga está em pausa, por conta dos jogos de seleções, Jorge Simão esteve a avaliar, até aqui, a jornada do FC Paços. Para o treinador, a equipa deixou de aproveitar algumas chances e acumular pontos no torneio. Simão sabe que precisa de mais futebol para repetir o ano 2020/21 e entende que, por poucos momentos, os Castores encontraram este jogo:

“Aqui ou ali podíamos ter mais alguns pontos no campeonato e não estamos na posição que procuramos, mas o balanço tem de ser positivo, face também à nossa participação na Liga Conferência e na Taça da Liga. Sinto que já fomos mais Paços do que temos sido nos últimos jogos, temos de recuperar isso”.

O time só volta ao relvado no dia 19/11, contra o Benfica, pela Taça de Portugal, na Luz.

Foto destaque: Reprodução/FC Paços