Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

FPF não garante que haja Final da Taça de Portugal

FPF não garante que haja Final da Taça de Portugal

Realização de jogos em falta das competições organizadas pela Federação estão dependentes de decisão da DGS.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não dá como garantida a realização de mais jogos referentes à presente temporada das competições que organiza, nas quais se incluem a final da Taça de Portugal, entre FC Porto e Benfica, e os jogos para definir a subida de duas equipas à II Liga.

Ao que O JOGO apurou, a FPF remete a realização dos jogos acima referidos da decisão da Direção-Geral de Saúde (DGS) sobre a existência de condições de segurança e de saúde pública para o regresso do futebol em Portugal.

No caso da final da Taça, além do parecer da DGS, a FPF não tomará qualquer decisão sem consultar os clubes envolvidos, FC Porto e Benfica.

De recordar que a Federação deu por terminadas as competições que organiza no início de abril e, na mesma altura, admitiu que, caso existissem condições, poderia levar a cabo a final da Taça de Portugal e os jogos necessários para indicar as duas equipas promovidas ao segundo escalão do futebol nacional.

A FPF criou um grupo de trabalho coordenado pela Unidade de Saúde e Perfomance e constituído por uma equipa de especialistas dos hospitais de São João, do Porto, e Curry Cabral, de Lisboa, e universidades (Escola de Saúde Pública da Univ. Nova e Instituto de Saúde Pública da Univ. Porto), além da CUF, para preparar um plano de regresso das competições de clubes, árbitros e seleções. Na sexta-feira, a Direção da FPF reuniu-se com o Governo.