Jogadores PT

Félix defende Lage: “Treinador competente”

Há um ano, à passagem pelo mês de março, o Benfica entrava num ciclo que fez também vacilar a equipa liderada por Bruno Lage: Derrota em Zagreb (1-0, a 7 de março), empate com o Belenenses logo no jogo seguinte (2-2, a 11 de março), duas semanas depois (a 30 de março) uma vitória sofrida frente ao Tondela (1-0), com exibição cinzenta e, logo a seguir eliminação em Alvalade (derrota 1-0, a 3 de abril) para a Taça de Portugal. Um ano volvido, o mesmo mês de março não deixa margem para boas recordações após uma quebra iniciada em fevereiro.
Há um ano, João Félix era uma das figuras em destaque na equipa encarnada. Viveu por dentro os bons e os maus momentos da equipa desde que Bruno Lage assumiu o comando até final da época.

«Aconteceu, é verdade [mau momento], no ano passado por esta altura, quando ainda lá estava. Mas continuamos a trabalhar e a acreditar», reconheceu Félix, deixando o segredo para ultrapassar estas fases: «Para dar a volta à situação o importante é refletir sobre os problemas, questionar as razões por que baixamos de produção, é isso que nos permite fazer as pequenas retificações necessárias. Foi essencial nunca deixarmos de acreditar em nós e assim, na altura, demos a volta à situação.»

O internacional português, de 20 anos, confia que as águias conseguirão também agora dar a volta por cima. E quando o futebol regressar – assim o Covid-19 o permita – garante que as águias têm a fórmula vencedora para o sucesso: «treinador competente» e «plantel com bons jogadores».
– Condições para Benfica vencer campeonato e Taça? Claro que sim, sem dúvida. O Benfica tem um treinador competente, um treinador sempre atento a todos os detalhes, tem uma estrutura humana e condições de trabalho como poucos clubes no mundo têm, e tem ainda um plantel recheado de bons jogadores. A soma de tudo isto resulta numa fórmula vencedora.

João Félix não tem dúvidas que o Benfica ainda vai a tempo de apanhar «a rota do sucesso», apesar do que aconteceu nos últimos jogos: «O Benfica fez uma primeira volta excelente, tanto a nível exibicional como de resultados. Depois, como acontece a qualquer equipa, mesmo às melhores, o Benfica teve um período de menor produção, que se refletiu nos resultados. O importante é prosseguir o trajeto, continuar a acreditar na qualidade do trabalho que está a ser feito e tenho a certeza de que a rota do sucesso será reencontrada.»