Futebol Nacional e Internacional – Notícias, Vida e Transferências

“Messi prejudicou seriamente a sua credibilidade”

A organização não-governamental, Human Rights Foundation, criticou duramente a ida de Lionel Messi ao Gabão.

«Lionel Messi prejudicou seriamente a credibilidade da sua própria Fundação ao colocar-se ao lado da família Bongo e servir como instrumento de relações públicas desta cruel e corrupta ditadura», pode ler-se num comunicado da ONG.

«É perturbador e incoerente que Messi, que apoia os direitos das crianças e é embaixador da UNICEF, tenha alimentado a propaganda de um regime ditatorial, que se recusa a investigar crimes horrendos, entre eles, rituais onde crianças são sacrificadas».

«Os representantes de Messi e o próprio atleta colocaram o seu prestígio ao serviço de um violador dos direitos humanos».